quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

É um crime!

Como o tema do momento é o crime e seus desdobramentos, resolvi fazer uma das minhas famosas pesquisas sobre a palavra e a relação entre elas no nosso querido site de busca mais conhecido. Depois, uma pesquisa dos termos ligados ao termo, no sistema de auto-preenchimento.

Assim, a palavra crime remete a crimes hediondo, primeiro no singular e depois no plural; ao livro Crime e Castigo (terceiro colocado numa pesquisa ser um livro como esse me parece um bom indício, mas eu sempre sou mais otimista que a maioria mesmo). Daí parte para crimes virtuais, o que hoje em dia é essencial saber, assim como crimes ambientais, também virtais para nosso conhecimento atualmente. Passando para quatro tipologias de direito penal para crime: formal, culposo, continuado e material. Espero que sejam estudantes e não praticantes querendo se especializar.

Já hediondos vem primeiramente a palavra pura, depois "hediondos significado". Significado é algo que o povo pesquisa muito, não?

Agora a surpresa para o termo "castigo". Aparecendo primeiro a palavra em si, sepois é relacionada a castigos para chá de bebê chá de panela, esse uma vez no plural e outra no singular (o pessoal gosta de castigar as futuras mães e as noivas, não?). Daqui vai pra castigo divino, o que aqueles que gostam de ficar castigando os outros deveria temer, indo para castelos medievais (!!!!) e de novo para castigos para chá de panela. Ou seja, nisso tudo a única coisa relacionad, e indiretamente, a crime é castigo divino, mesmo.

Indo para virtuais, nenhuma das palavras correlatas remete a crime, todas relativas a jogos, bichinhos virtuais e Orkut, o famoso site-de-relacionamentos de que a TV fala de vez em quando.

Já ambientais, além do termo puro, aparece "causas e consequências", e por fim "ambientais urbanos". Apenas a primeira parte remete ao termo-chave de hoje.

Formal remtete ao formal de partilha, do direito de família, depois para termos em inglês, mais uma vez o significado, daí para outros termos em inglês. Daqui volta para formal de partilha e separação, vindo "fomal informal", um paradoxo. Por fim, a relação com crime: formal e material. Ufa!

Buscando culposo, temos três referencias a culposo e doloso, e uma para significado de culposo.

Tenho pena da palavra continuado, a pobrezinha não remete a nehum outro termo no auto-preenchimento.

A útima da relação, material, não traz a mais ínfima correlação com "crime".

O que percebi é que todos os termos relacionados a crime pelo gugou são pouco ou quase nada relacionados a ele pelo mesmo sistema de busca.

Vá entender.
Pelo menos, a primeira imagem do termo tem relação direta com ele.

3 comentários:

Nanael Soubaim disse...

É um crime a palavra "continuado" não remeter a nada.

Estou pensando seriamente em fazer textos infames e satíricos sobre o natal. Me acompanhas?

Mércia Nascimento disse...

uahsuasha..
é meios engraçado, realmente a google ou gugou - como vc diz - está um pouco 'inconfiavel', muitas coisas sem muito sentido...
adorei seu blog, vou acompanhar

beijoos

LadyMel
http://blogladymel.blogspot.com/

Adriane Schroeder disse...

Acho ótimo!
Já pensando em algo!
Lady,que bom que você gostou!
Fiqu4e à votnade para nos acompanhar.
Vem aí o Especial Talicoisa de Natal!