sábado, 29 de janeiro de 2011

Rio, porque é comédia

Saiu o trailer da animação digital "RIO", da FOX. Dêem uma olhadela no vídeo e depois continuem.
Certo. Agora o que podemos concluir? Eles aprenderam o suficiente para saber que o Rio de Janeiro NÃO FICA NA AMAZÔNIA. Aprenderam que os mesmos tipos ridículos que existem por lá, por cá também são encontrados. Aprenderam que somos pessoas comuns que não usam roupas brancas e folgadas como traje típico. Não aprenderam o que é o carnaval carioca, mas chegaram bem perto. Não aprenderam o que é o biquini brasileiro, ou aquela moça com um amarelo é turista.

Eu quero ver um filme com este casal.

De resto, só faltou colocarem o Zé Carioca na trama, mas ele é da Disney e esta o despreza há tempos. O que o trailer também mostra é que faria bem ao americano se misturar um pouco conosco (e para nós com eles) para perder um pouco da rigidez do status quo de seu apego ao conforto, que acabou se tornando uma prisão a que Blu, a arara-azul protagonista, não tinha se dado conta, até a fêmea Jade ser posta na marra em seu caminho. Eles são os últimos da espécie, o que deixa claro o viés de ecologicamente correcto, que não me parece ter deturpado o filme.
Dois pontos que podem gerar protestos entre os exaltados, o tucano Rafael, que será o cupido e anjo da guarda das araras, e os micos. Rafael é um tucano, eles certamente não sabem de tudo o que um tucano é capaz de suscitar no imaginário político do brasileiro. Os micos são micos, e Stalone foi achincalhado por ter nos comparado a micos, e os micos gostam de roubar dos cidadãos.
Que mais? É esperar que estréie, quem sabe um sucesso faça a Disney se lembrar e valorizar o Zé, que hoje vive de reprises em seus gibis.

4 comentários:

Adriane Schroeder disse...

Parece-me bom!!!
Eu até gosto do Zé Carioca, apesar de seu surgimento não ter sido pelas melhroes razões do mundo... rsss...
Vou conferir.

Nanael Soubaim disse...

Vá e veja, nem que seja para vir ao talicoisa e falar mal.

New disse...

Adorei a idéia. Lembrei-me imediatamente de Wall Disney que fez um carinho ao Brasil criando o Zé Carioca.
Não perderei por nada. Afinal, amo animação.

Beijos

Nanael Soubaim disse...

Eu não costumo confundir intenções políticas com intenções artísticas, pelo que nunca execrei os Beatles. Quero ver um longa do Zé.