quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Tesoura e cola - ou: como bolar incríveis manchetes chamativas

Vocês lembram da legendária revista MAD? Uma de minhas colunas preferidas era aquela do faça-você-mesmo, em que, numa espécie de recorte-e-cole (metaforicamente falando), usando determinadas frases e personagens chave era possível montar histórias de terror, notícias de jornal e talicoisa.
Mais ou menos como os famosos geradores do Mundo Perfeito e outros.
O que era uma boa piada infelizmente parece ter se tornado regra hoje em dia. As pessoas nem precisam mais de tesoura e cola (ainda que meramente imaginativas). Bastam os famigerados control+c e control+v que num instantinho se pode montar qualquer coisa. E, se não houver uma notícia de verdade, basta rearranjar as frases e criar uma, seguindo o espírito de JJ Jameson.
Vamos supor que você queira ter um blogue/revista/etecétera de fofoca. Você pode bolar incríveis manchetes chamativas a partir das sugestões abaixo.

a) Para o verão
"X mostra sua boa forma em [insira aqui uma praia da moda]"
"Y lê revista e W confere o bronzeado"
"K mostra seu lado maternal com seus filhos"
"Q, ex-BBB, aparece despreocupada em calçadão"
"Mulher-[fruta da vez] pára a praia XY"
"Calor e alegria: Fulannette se esbalda em Salvador"

b) Para o Carnaval
Além de variantes das alternativas acima, ainda tem:
"X arrasa na avenida"
"W confere a bateria da Unidos da WYZ"
"Tipannyyy se descuida e mostra mais do que queria" (mulher-sem-calcinha)
"Q, Ex-BBB, é a rainha de bateria da Acadêmicos do WRST"
"O carnaval não pára na Bahia e Beltranette dá o tom"

c) Para o inverno
"W no friozinho gostoso de [insira aqui uma cidade fria brasileira]"
"Y e K no charme de [insira uma cidade fria latino-americana]"
"H foge do frio em [insira cidade preferencialmente nordestina] e confere a culinária local"
"Cicranette agita o inverno mais quente do Brasil" (lógico que é na Bahia)
"Ex-BBB´s se esbaldam em/na/no [parque de diversão multitemático]"

Que outras categorias você acrescentaria?

Obs.
1. Notei que o pessoal atórammmmmmm o verbos conferir. Serve para quase tudo: desde lançamentos de livros a sorvete no quiosque.
2. As frases acima são produto da minha imaginação pérfida e não foram retiradas de nenhum sáite/blogue/revista.

5 comentários:

Nanael Soubaim disse...

Há mais um ingrediente, pegar uma photographia não muito antiga, recortar focando apenas a sem-lebridade e colar, pois é certo que o público alvo já se esqueceu do episódio e nem vai perceber as dúzias de rugas a menos.

Luna disse...

Chiquérrimo o teu texto! Bora pedir emprego nessas revistas de celebridades!

Adriane disse...

Sim, é verdade, Nanael! Se o Stalin fez, porque nós não?
Obrigada, Luna! Será que tenho chance como redatora?
:-*

Nanael Soubaim disse...

Como assim "chance"? Só falta arranjar quem te pague um salário para a função.

Adriane disse...

Nossa, Nanael!
Obrigada!
:-****