quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Bandicoisa

Eu quero fazer um texto bem bonito em homenagem ao aniversário do blog, mas nem vai ser agora...Oi? Eu tô no laboratório da faculdade e não quero me emocionar aqui (e nem pesquisar imagens tipo Cumpádi Uóshington e web-hits com travestis - coisas que pertencem ao mundo talicoisístico).

Então eu resolvi que vou escrever um bandicoisa. Típico de quem está aproveitando o horário vago entre as aulas e o estágio :]

Alguém aqui já ouviu falar de cupcakes? Ando apaixonada por esses bolinhos. Ainda não vi ninguém vendendo aqui em Salvador, mas a moda das tortinhas foffys está se expandindo.
Acho que a melhor definição pra cupcake é awnnnnn:
Quero aprender a fazer, quero comer (se bem que até deve dar pena de devorar um docinho tão cute). Meu lado doméstico (que já não é pequeno pelo que eu tenho notado nos últimos tempos - meu último post foi sobre máquinas de costura, né gente?) berra: faça cupcakes, faça cupcakes!

Pulando do lado culinário para o lado televisivo da vida, eu mal tenho acompanhado os seriados
Preciso ver os episódios novos de House (amor eterno, eterno amor), ainda não vi nadinha da sexta temporada (e só ouço elogios).
Ontem eu vi alguns trechos de Glee (que anda mega comentada também) só que eu achei meio Across the Universe...
Não que isso seja ruim, mas é meio enjoativo. Mas como ainda não vi nenhum episódio inteiro, não posso analisar direito. Foi a impressão que ficou.


"Michelle Obama brinca de bambolê na Casa Branca; veja". Acabei de me deparar com isso no iG, será que alguém clicou e foi assistir? Bambolê me lembra Bambotchan (aquele bambolê de montar que vinha dentro de uma sacolinha de plástico e que 99,99% das meninas dos anos 90 tiveram - inclusive eu, mas era uma merda já que os pedaços nunca ficavam encaixados direito e no meio da movimentação bambolêzística eles voavam para todos os lados) e Bambotchan obviamente me faz lembrar do É o Tchan, que me faz lembrar do Cumpádi, que me faz lembrar do boato do filme pornô, e assim sucessivamente - uma cadeia de lembranças altamente bizarras...

3 comentários:

Adriane Schroeder disse...

Adorei!
Esses cup cakes são lindos demais! comi um que era a coisa mais fofa, e ainda era uma delícia de chocolatee nozes (ai!).
E o restante do texto está tão delicioso quanto.
:)

Nanael Soubaim disse...

O último seriado que acompanhei foi Barrados no Baile, quando era sucesso.

Se for fazer esse negócio de nome estrangeiro, faça recheado, pois a maioria só coloca glacê colorido e alguns enfeites em qualquer bolinho ordinário, uma decepção.

Quem inventou o tchan está com passagem paga na primeira classe para os abismos do umbrau. Bambolê se faz com mangueira comum, tinta epoxi e criatividade, por muito menos do que custava aquela bodega.

Michelle é uma diva, ela pode comer rapadura com garapa que fica chique... e diabética.

Gabi disse...

Eu tive um Bambotchan! :D
Mas eu nunca soube "bambolear" de verdade! :/
Fiquei com vontade comer Cupcake! *-*