sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Do que Deus é feito?

Em conversas com ateus (adoro), sempre se cai nesse tipo de questão. Sem contar as básicas "Deus existe?" e "Se existe, onde está?". Mas a que mais me pegou esses últimos tempos, foi essa.

Do que Deus é feito? Seria fácil responder (como algumas religiões o fazem) que ele é inefável, que nós não temos capacidade pra entender ou conceber o que seja Deus.

Será que é tão complicado? Deus estaria realmente em cima das nuvens, invisível? E composto de átomos que não podemos ver ou detectar?

Ou ainda, Deus está em tudo e tudo está nele, uma vez que tudo é a Criação?

Um famoso webhit ("As árveres somos nozes") dá a resposta mais acertada quanto a isso. O locutor dizia "Jesus é a floresta, e as árvores somos nós". Na verdade, Deus é a floresta, e as árvores somos nós.

Todos nós, juntos, compomos Deus. Sim, somos parte dele. Somos parte de tudo isso.

Fica o ponto. Se não fazemos as coisas por nós mesmos, de que adianta esperar a ajuda dos céus?

O próprio Cristo já dizia "Sois Deuses." Mas não na verdadeira acepção. Somos parte do poder Criador, somos parte da energia e força do Universo. Temos tanto poder e liberdade de uso dele como o próprio. Mas nos limitamos, muitas vezes por medo.

Ficamos naquele exagero de humildade (que é mais danoso ainda que o orgulho) dizendo "Ah, eu não mereço..."

Quem disse que não?

Deus está em nós. Todos nós.

Como dizem os Bramanes... O Deus que está em mim saúda o Deus que está em vocês...


"Eu sou vocês. Ontem, hoje e sempre"

6 comentários:

Adriane disse...

Bem elaborado, Fio.
Tenho meu próprio jeito de entender isto, com obem sabes, mas há alguams coisas aí com as quais concordo.

Anônimo disse...

É triste falar isso, mais eu acredito menos em deus, acho que no passar dos anos a fé vai diminuindo

fabio_ disse...

Onisciência, onipotência, onipresença e siacabância. "Ponto."

Nanael Soubaim disse...

Simplesmente é. Somos apenas criancinhas aprendendo 1+1, não podemos querer de cara transcender a matemática pura.

Amanda disse...

Quando nos referimos aos seres humanos como centelhas do fogo divino, é isso que queremos dizer, somos parte do todo, e esse todo é DEUS...
Pena que ainda não temos a capacidade plena para abstrair e transcender esse conceito....

Luna disse...

Eu concordo com tudo, Fio.