segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Hoje é dia de folia!

O carnaval está próximo. Quando ele chegar, vai ser assim:

Milhares de pessoas perguntarão aos seus conhecidos se eles pretendem ver a Mangueira entrar;

Milhões de preservativos serão distribuídos, dando a entender que a população só faz sexo uma vez por ano;

Muitas pessoas dirão que gostam do feriado, mas não da folia;

A palavra “folia” aparecerá milhares de vezes na mídia;

Uma repórter perguntará, com cara de espanto, o que Ivete Sangalo e Claudia Leite fazem para ter pique para encarar os dias de... folia. Elas são profissionais do trio, não são? Ter pique é mera obrigação;

Juliana Paes, Nana Gouveia, Greycyanny Barbosa, Luma de Oliveira, Luiza Brunet e companhia limitada responderão o que fizeram para estar em forma neste carnaval;

A tevê mostrará flashes ao vivo da folia em Salvador, Rio de Janeiro e Recife. Em Recife, estranhamente, em todas as vezes em que o repórter aparecer, estará tocando a mesma música;

Suzana Vieira brilhará em alguma escola de samba. Para mostrar que nada consegue acabar com a sua alegria, que ela nunca teve depressão e que é amada pelo Brasil. E contará, mais uma vez, a sua história com o falecido;

A tevê também irá a algum asilo, para que os velhinhos cantem músicas carnavalescas do passado. Cabeleira do Zezé, Mulata Bossa Nova, Me dá um dinheiro aí. O repórter ficará encantado com o pique da terceira idade;

Muitos idosos reclamarão que o carnaval já não é mais aquele, olha a cara dele;

Nós ficaremos sabendo qual é o novo som de Salvador, apesar de nem sempre estarmos a fim de saber;

Lecy Brandão fará seus comentários nos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro. Falará que uma das características da Império Serrano é a profusão de cores nas alegorias. Elogiará a bateria do Salgueiro, comandada por Mestre Fulano de Tal. Mostrará preocupação com as falhas na evolução da Vila Isabel. Nós bocejaremos;

Alguma subcelebridade, escalada para madrinha da bateria de alguma escola, pagará mico, por não ter samba no pé. Ivo Meirelles dirá que, se tivessem escolhido alguém da comunidade, isso não aconteceria;

Durante os desfiles, haverá closes de bundas e peitos. Afinal, mulheres heterossexuais e homens gays não têm direito de ver o que lhes interessa;

Gente chata dirá que o Brasil não vai para a frente por causa do feriado carnavalesco. Ah, se esse fosse o nosso único problema!;

Carlinhos Brown, se é que ele ainda existe, explicará o conceito afro-samba-reggae-timbalada-escambau de sua música. Nós não entenderemos;

Caetano Veloso dará alguma declaração polêmica. Ou não;

Milhares de pessoas, unidas numa só voz, dirão que carnaval é uma armadilha de Satanás.

Carnaval. Quem viu um, viu todos.

8 comentários:

Frank disse...

HAHAHAHAHHAHAH


Debs, falando sério... Esse é o seu MELHOR texto de TODOS os TEMPOS!!!!!!



Só uma reclamação... Nenhuma celebridade no MUNDO deveria se chamar Greycyany barbosa, ou algo que o valha...

Adriane disse...

Mais um texto da série: "coisas que a Luna escreve e que eu adoraria ter escrito".
Fabuloso!
Só faltou a parte das mirtes reclamando da pouca vergonha e que no meu tempo não era assim e hoje em dia carnaval é só séquiço

Fio disse...

Sério. Alguem (importante) tinha que achar o Talicoisa. Pra contratar a Deb pro lugar do José Simão, ou do Tutty Vasquez.


Luna RULEIA!

Nanael Soubaim disse...

Boa telepatia a tua, escreveu tudo o que eu iria escrever no sábado. Agora terei que pensar noutra cousa, se bem que não falar de carnavel chega a ser um alívio, te devo esta.

Rafaella Baracho disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Parabéns pelo belísimo texto!

xD

Carnaval é isso aí mesmo, nenhuma novidade, mas o que tem de gente que finge é é tudo novo..

tsc tsc tsc

Josei disse...

É por tudo isto que eu gosto do feriado, mas não da folia. Huahuahuahua!!!

Falando sério: eu já gostei de Carnaval, mas isto quando eu era criança e Carnaval era novidade para mim. Aliás, quando até a vida era novidade para mim. Agora, já deu.

fabio_ disse...

Putz, e aquelas animações eletrônicas da Globo, pra emendar os cortes nos desfiles?
Tenho um medo particular do rei Momo cuspindo bolhas de sabão.

Saudade do desfile de fantasias do Hotel Glória e o Clóvis Bornay ganhando todo ano.

Josei disse...

Verdade, Fabio, desfiles de fantasia... Eu adorava a categoria "originalidade". Não passa mais, né?