sexta-feira, 12 de setembro de 2008

"When All Hope Is Gone..."

"WE HAVE MADE THE PRESENT OBSOLETE
WHAT DO YOU WANT? WHAT DO YOU NEED?
WE’LL FIND A WAY… WHEN ALL HOPE IS GONE
WE’VE SEEN THE FALL OF THE ELITE
BURY YOUR LIFE / TAKE YOUR DISEASE
WE’LL END THE WORLD… WHEN ALL HOPE IS GONE"

Não, este não é mais um texto falando sobre o Slipknot. É uma das minhas bandas preferidas,
mas este texto não é pra falar deles. Quem leu meu último texto, sabe o que tem rolado. E
nessa bagunça toda da minha vida, o Slipknot tem sido uma companhia constante.

E esse refrão, da música que dá título ao álbum, me diz muita coisa.

Não apenas sobre mim. Mas sobre o mundo, em geral.


"WE HAVE MADE THE PRESENT OBSOLETE"

NÓS fizemos o presente obsoleto. Nós, nas nossas buscas, por um mundo melhor, pelo avanço da
ciência, da política, de o que quer que seja... Fizemos do presente algo obsoleto. O presente não nos serve mais. Não é mais útil. Porque tudo o que colocamos pras nossas vidas, é pra depois, pro futuro. Hoje em dia, via de regra, não se pensa em fazer algo HOJE. Sempre se planeja pro futuro. Boa parte das vezes, não é por mal. Mas por outro lado, também não pensamos em viver o dia, CARPE DIEM não é mais pra ninguem. Alguém vai se levantar agora, e dizer "Ei, Fio, eu vivo a minha vida assim, vivo O DIA, e bla bla bla..." Caro amigo. VIVER não se resume à balada. Não se resume a dormir pouco. Não se resume em esquecer sua própria miséria achando que um dia vai haver a "virada de mesa". Vivemos num mundo onde não há tempo pra viver. Não se pode parar. Não dá tempo. E quando dá, neguinho acha que encher a cara e beijar 26 bocas diferentes numa noite é viver.

"WHAT DO YOU WANT? WHAT DO YOU NEED?"

Alguém já fez essa pergunta pra você, sem ser pra querer te vender alguma coisa? Alguem já se preocupou com você, nesse sentido? O engraçadinho vai dizer "Sim, minha mãe!". Mas quem é que te pergunta isso? Apenas alguém que realmente te ama. E isso, é MUITO difícil de encontrar. Alguem que REALMENTE se preocupe.

"WE'LL FIND A WAY, WHEN ALL HOPE IS GONE"

É aquela estórinha, de quando você está no fundo do poço: a parte boa é que só tem um lado pra ir. Pra cima.

"WE’VE SEEN THE FALL OF THE ELITE"

Essa é um sonho... O sonho de que todos aqueles que estão acima, um dia vão estar abaixo de você. Um dia acontece. Algum dia, as pessoas que te pisam vão precisar de você. E aí, você
decide: Vingança, ou ser o bom cristão, e oferecer a outra face.

"BURY YOUR LIFE / TAKE YOUR DISEASE"

Enterre sua vida, tire a sua doença... Sinceramente, aí, fica parecendo que eles tavam querendo preencher com alguma coisa que rimasse... Mas tem até um sentido... Pelo menos pra mim.
É um pouco a coisa de deixar a vida que você tinha. Enterrar ela. E acabar com a sua doença,
seu vício, seu problema, sua dor...

"WE’LL END THE WORLD… WHEN ALL HOPE IS GONE"

Nós acabaremos com o mundo, quando toda a esperança tiver ido embora...
A falta de esperança, o fim dela... Pode transformar seu mundo, fazer dele algo diferente.

Destruir a vida antiga, a vida velha, o "homem velho" em você.
E trazer algo novo. Pouco importa se é bom ou ruim. O que importa é que você se sinta bem.

Esteja bem com você mesmo. E saiba o que quer, e do jeito que quer.


Isso tem guiado meus dias, minha vida. Transformar minha vida.

Alguém disse que é mais fácil ficar vendo o que a vida tem de ruim.

Talvez.

Mas quando você perde toda a esperança, não tem "bom" ou "ruim".

Só tem aquilo que te faz mal. E isso, caro colega, eu rezo para que você não entenda o que é.



Well done, guys...

12 comentários:

Dave Coelho disse...

Fio, ouça alguma coisa gay pra sua vida ficar CO-LO-RI-DA!
Ficadica, ok? bjs

Meg disse...

Phio,
Ouça um axé!!!!!
Você me mandou o desenho do Olodum, já é um bom começo.

Meg disse...

Falando sério now...Tenho medo dessas máscaras!
Vou baixar uma músicas (de tanto que vc fala), mas tenho medo [/regina duarte]

Frankulino disse...

Fio, concordo com o Dave, cê já num tá bem, essas músicas pioram sua situação...

Sério!

Ouve Shiny HAPPY people holdin haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaands

Fio disse...

Shinny Happy People Holding Hands de Cu é ROLA!

Nanael Soubaim disse...

Máscaras feias. mas o que as pessoas fazem consigo é mais feio ainda. Faça um texto alternativo sobre os telettubbies.
Estou falando sério.

Apollo disse...

Fala fio....
Aff, nem sei o que dizer. É normal estarmos tristes de vez em quando, e mais normal ainda ouvirmos músicas tristes... Mas acho fantástico tirar de toda essas tristeza algo positivo, interessante e que faz parar para pensar. Realmente, o Carpe Diem se tornou algo obsoleto e somos treinados a viver um tempo que ainda não chegou. Viver o presente é duro, realmente, mas cada cicatriz que fica tem um significado todo especial para contruir o próprio futuro que tanto se espera. Não se pode ter um sem viver o outro.
Agora, não fique tão deprimido amigo, viva um dia de cada vez, tente viver como se não houvesse amanhã, com responsabilidade, é claro, mas fazendo cada minuto valer a pena... Aprenda com todas as dificuldades e lembre-se, por mais desesperadora que uma situação possa ser, ela jamais se estende pela eternidade, tudo pode mudar quando menos se espera e no fim das contas, você vai ver como tudo realmente valeu a pena....
Fique bem, tente tirar o melhor proveito de todas essas coisas e saiba que tem com quem contar pra esse tipo de hora.
Lembre-se, isso passa.
Grande abraço amigo

Maga disse...

cada um tem seu stylo ,de vida de musica i o dele é bem mneiro rock é stylo ! gosteei


bjO

Frankulino disse...

Mas meg, o estilo de música não ajuda nada o humor dele...

Vamos lá fio,


Shiny happy people holding hands

(voz hiper mega aguda)

Shiny happy people holding haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaands!

Luna disse...

Parem de implicar com o Fio! A música não tem nada a ver com as coisas que ele sente.

E Shiny happy people é muito irritante.

Meg disse...

Shine happy people me lembra aquela cena da festinha dos universitários em Tropa de Elite. Música chata da porra.

Anônimo disse...

tropa de elite é uma bosta....
e slipknot é fera kra...