sábado, 16 de agosto de 2008

Momoko





Voltando aos temas do arco da bisa, no meu tempo era comum as meninas brincarem de boneca. Mesmo as feinhas eram engraçadinhas, mas o normal era o fabricante ou o artesão fazer o producto mais bonito que pudesse. Por mais bonito, eu digo traços suaves e/ou alegres, jeito de mãe, moça ou nenê, cores em profusão e outros quetais, de modo que mesmo as crescidas gostavam de ganhar uma, ainda que só para abraçar no aconchego do quarto.



Nesta época, a Barbie ainda não tinha cara de garota de programa, "profissão" hoje glamourizada. Nem de viciada em heroína, o que hoje é cool. Se alguém aparecesse com uma Bratz no mercado, sua venda ficaria restrita aos sex shops e às ZBM, até porque aquilo deve causar pesadelos nas crianças.



A melhor cousa que poderia ter acontecido à Susie, foi ter saído de linha quando e Estrela conseguiu a licença para fabricar a Barbie, quando ela ainda tinha cara de Barbie. Quando voltou, usaram as mesmas matrizes que tiveram o bom senso de não sucatear, para reduzir custos, e a Susie é, provavelmente , a única boneca de grande marca nas Américas a ter cara de gente saudável. E tem proporções de mulher brasileira, por tabela.



Mas a Susie é uma excessão no ocidente. Viajando pelos cabos da internet, pesquisando (chutando) nomes em japonês, encontrei "Momoko". Para quem já encontrou mulheres chamadas Mikomi, não surpreendeu. Surpreendeu a qualidade do que vi.



A Momoko produz bonecas com cara de adolescente mesmo, sem excessos de maquiagens, sem expressões de prostitutas com tpm, enfim. Braços, pernas, cabeça, torax e abdomem são articulados. Não uma articulação camuflada para dizer "É tua amiguinha", são articulações robustas, mas discretas, que deixam claro que se trata de um brinquedo, que as amiguinhas são as de carne e osso. Também não têm o efeito que as bonecas alemãs de porcelana, que de tão realistas dão medo em algumas crianças. Estas são para se colecionar, não para brincar. Momoko é para se brincar e se esbaldar. Além de as roupas serem muito mais copiáveis do que as da maioria.


Infelizmente não é vendida directa e oficialmente no Brasil, só por importadores independentes, até onde consegui pesquisar, e custam caro. Bem, quem paga seiscentos reais para colocar uma miniatura de meretriz no quarto da menina moça, não se importará em pagar trezentos por uma boneca com carinha de menina moça. Em vez de a garota sonhar com "Cuidado com a Bratz, que a Bratz te pega, te pega daqui, te pega de lá! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!", certamente sonhará com o universo que um brinquedo bem feito e bem planejado porporciona.
É uma franquia que valeria à pena a Estrela usar em uma linha mais elitizada.

12 comentários:

Meg disse...

Eu quero uma Blythe (adoro aqueles olhões), mas pelo preço que elas custam vou ter que esperar um bom tempo.

Frankulino disse...

gente, as crianças hoje são mini-adultas... usam roupas de adultos, ouvem coisas de adultos e etc...

As bonecas são reflexos (ou produtoras?) do que vemos hoje...


Mas fazer o quê? A culpa também é dos pais q permitem certas coisas... Como uma criança dançar o créu por exemplo... oi? Pedofilia pride...

Frankulino disse...

Ah, esqueci de dizer que o texto tá muito bom, Nanael (me add no msn)!


E, por curiosidade, procurar palavras em Japonês, pq? Pior, chutar!! :P





Eu ainda tenho medo do Nanael!

Fernando Gomes disse...

bonecas serão artigo de luxo no futuro..

Anônimo disse...

Não acho que a Barbie tenha cara de prostituta. Quando era criança tive várias e ainda hoje vejo muitas crianças que brincam com ela. Essa boneca japonesa é até bonito, nesse ponto concordo com você.

Passa lá
http://maynabuco.blogspot.com

Keloane Mendes disse...

É linda mesmo! Dei uma olhada no site e me encantei, tomara que algum importador traga logo =D
beijo :*

Frankulino disse...

Como assim a Barbie não tem cara de poohta? Tudo bem, talvez não, mas certeza que ela não tem cara de nada imitável por garotas de 8 anos... Tipos, ela não nada que mais uma adolescente retardada metida a descolada... e olha que ela já tem, sei lá, 50 anos? Tipos, Xuxa pride? E aqueles olhos dela... Mó cara de psico... nunca daria uma Barbie a uma (um) filha(o)

Luna disse...

A Suzi tem cara de gente saudável? Aonde que gente saudável tem olhos esbugalhados daquele jeito? Sempre achei essa boneca muito feia!

A Barbie também não é bonita, tem aquele corpo todo esquistito, com peitos grandes e nada de quadril. Mas, ainda assim, é melhor que a Suzi.

E essa bonequinha japonesa é um charme! Cabelinho chanel e roupas que parecem de verdade!

Frankulino disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK miacabo, Dé!
realmente, a Suzi não parece saudável...

Sabe aquela história da festa no céu? Sabe aquela parte que o sapo cai lá de cima? Suzi!

Luna disse...

Eu esqueci de dizer que as Bratz são coisa do demo.

Flávia disse...

Eu nunca tive Barbie. Não gostava desse tipo de boneca. A Momoko é boneca pra adulto, dá pena de largar na mão de uma criança.

Anônimo disse...

stickj alluded aggressively restores assessments enclosed limit completes constraining yamuna councilnsw
lolikneri havaqatsu