quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Para Esfinges

(...) Então, nesse caso, o que é o conhecimento? Deve ser um típico brinquedão novo, com o qual os pueris se gabam e o expõem aos tolos, como se fosse um estandarte cintilante.
Ou poderia ser uma dessas armas de fogo pós-modernas que conseguem devastar os vivos ao comando de um só dedo. O conhecimento sendo usado para subjugar, diminuir, humilhar. “Eu sei, você não sabe!” Ora, segredinhos infantis.

Ah, uma barra de ouro, o conhecimento. Um olho em terra de cegos. Um pássaro na mão. Uma mão na roda. O bilhete premiado. Guardado, enclausurado, claustrofóbico. O último biscoito do pacote, protegido dos demais. Somente um então deverá possuí-lo. Uma pedra de ametista, um baú azul-escuro.

O conhecimento devia ser como aquilo que brota, aquilo que é acessível a todos. Aquilo de onde quanto mais se tira, mais se tem. O conhecimento devia ser um bem divisível, emprestável, compartilhável. Jamais destrutivo. Nunca penhorável.

Quer que eu conte outra utopia?


***

Hoje é aniversário de nossa célebre Cinderela Baiana, a Meg! Nossa Rafa do Pellot! Feliz Aniversário e muito, muito axé pra você!

9 comentários:

Pat Coelho disse...

Gosto muito dos teus textos, impressionantemente. Tá certo que o povo todo aqui escreve muito bem, mas teus textos... Dão margem a uma porção de outras articulações.

Adriane disse...

HUm, elogios de uma pat Colho???
supstio, suspeitíssimo...
Meq, beijíssimos do Pellot!
ehhehehe.
Bjs!!!

Fio disse...

Deve ser a mãe dele, Adri. :P

Nanael Soubaim disse...

Belo texto, coniglio. Meg Sim, é uma Cinderela baiana, Meguerela antigomobilista em plena revelação.

Dave Coelho disse...

Fio, eu te desprezo. Bjs.
Brigado humanos.
Quarta que vem a gente se lê. =D

Down the Rabbit Hole disse...

Nem sou mãe de ninguém, viu, Fio? Sou estéril...


Brincadeirinha :)

Markoso Lima disse...

Digamos que eu gosto do conhecimento, gosto de conhecer coisas novas e tal...
Mas prefiro o desconhecido, sem ele conhecer não faria o mínimo sentido!

Abraços, meu pai da internet
^^

Luna disse...

Eu entendi é nada, mas gostei do texto.

Não força, que minha cabeça tá encesiada. Beijos.

Luna disse...

Awnnnnnnnnnn, Markoso Lima apareceu!